FAQ

P1 – A AEBRB tem lucro?

  • A AEBRB – Associação dos Empregados do Banco de Brasília por ser uma associação sem fins lucrativos apresenta superávit ou déficit em suas contas.
  • P2 – Para onde vai o superávit da Associação?

  • Em conformidade com o Art 23 do seu Estatuto Social, “os resultados positivos apurados em balanços terão a destinação que for atribuída pelo Conselho Deliberativo, observando os termos do inciso I, do artigo 3º, deste Estatuto, sujeita à homologação por parte da Assembleia Geral”. O Art. 3º, diz: “Apoiar e promover as necessidades de saúde, assistenciais, recreativas, culturais e previdenciárias de seus associados efetivos e de seus associados participantes e respectivos familiares, sempre sob a forma de planos coletivos ou custeio coletivo”.
  • P3 – Os dirigentes da AEBRB (Diretores e Conselheiros) recebem alguma remuneração?

  • A AEBRB, por ser uma associação sem fins lucrativos, na condição de isenta de Imposto de Renda, não pode remunerar seus dirigentes. Esta condição está presente em seu Estatuto Social:
  • “§ 2º – É vedada qualquer distribuição, direta ou indireta, de lucros, rendimentos ou qualquer outra remuneração aos associados ou administradores, sendo as rendas provenientes das participações societárias destinadas às finalidades estatutárias da Associação dos Empregados do Banco de Brasília.” – Art. 3º.

    “§ 6º -Os membros do Conselho Deliberativo não serão remunerados a qualquer título.” Art. 9º.

    “Art. 14 – Os integrantes da Diretoria não serão remunerados a qualquer título.”

    “§ 2º – Os integrantes do Conselho Fiscal não serão remunerados a qualquer título.” Art. 19.

    P4 – Qual é a principal ação da AEBRB em favor de seus associados?

  • A AEBRB é responsável atualmente pelo repasse à Saúde BRB – Caixa de Assistência de 25% (vinte e cinco por cento) das despesas assistenciais, com o objetivo de subsidiar os seus associados, reduzindo a coparticipação, beneficiando também os patrocinadores. Vale destacar, ainda, que deste montante, 1% é destinado a programas de prevenção de doenças, em regime de parceria com a Associação Atlética Banco de Brasília – AABR, voltados aos Beneficiários do Plano de Saúde, com prioridade para idosos, portadores de doenças crônicas e em grupo de risco.
  • P5 – Quais outras ações da AEBRB?

  • Convênios de cooperação e apoio junto à AABR – Associação Atlética Banco de Brasília, além de manter comodato de salas com a Saúde BRB – Caixa de Assistência, com o objetivo de contribuir para a redução das despesas assistenciais de seus associados.
  • P6 – Se o Associado aposentar ou romper seu vínculo trabalhista terá algum direito a receber da AEBRB?

  • O Associado da AEBRB não é um associado patrimonial, portanto não tem direito de quotas ou ao patrimônio da Associação.
  • P7 – Como tornar associado da Associação dos Empregados do Banco de Brasília?

  • Conforme o Art. 4º de seu Estatuto, a AEBRB é composta por três categorias de associados, assim definidas:

    Associados efetivos – todos os empregados ativos e aposentados do BRB – Banco de Brasília S/A;

    Associados temporários – poderão ser admitidos correntistas e clientes do BRB – Banco de Brasília S/A, que estejam no exercício pleno de atividade profissional e atendam às condições e requisitos estabelecidos na proposta de adesão, permanecendo na qualidade de associados, enquanto estiverem vinculados aos respectivos planos de seguro em grupo disponibilizados pela AEBRB.

    Associados participantes – todos os empregados ativos e aposentados das empresas controladas pelo BRB Banco de Brasília S.A., da REGIUS Sociedade Civil de Previdência Privada, da Saúde BRB Caixa de Assistência, da AEBRB – Associação dos Empregados do Banco de Brasília e da AABR – Associação Atlética Banco de Brasília.

  • P8 – Os Associados pagam alguma mensalidade?

  • Não, o Associado não paga qualquer tipo de mensalidade  ou taxa à AEBRB.
  • P9 – Como a AEBRB obtém suas receitas?

  • A AEBRB obtém receitas por meio da estipulação de seguros em grupo, das participações acionárias nas empresas do Grupo BRB e do aluguel de seus imóveis.